Profissões ligadas aos cuidados com a terceira idade estão em alta

Profissões ligadas aos cuidados com a terceira idade estão em alta

Cuidador de Idosos é uma das áreas que mais ganhou espaço nos últimos anos; qualificação é fundamental na hora da contratação

Segundo dados do Ministério do Trabalho, em dez anos, de 2007 a 2017, a atividade de cuidador de idosos teve crescimento de cerca de 550%. Com esses números, lidera o ranking das ocupações que mais ganharam espaço no mercado. Não é difícil entender o motivo quando se lembra que a expectativa de vida no Brasil passou de 54 anos, na década de 60, para 76, em 2018. Os números vão colocar o país na sexta posição dos números índices com a maior quantidades de idosos até 2025. Portanto, à medida que a população envelhece, a necessidade de cuidados especiais aumenta.

A atividade de cuidador, no entanto, nunca foi regulamentada. Em maio de 2019, o Senado aprovou o projeto de lei que normaliza a profissão. Agora só falta a sanção presidencial. Para exercer a função é necessário ter ensino fundamental completo e curso de qualificação na área (com carga horária de 160 horas, pelo menos), idade mínima de 18 anos, e não ter antecedentes criminais.

Números em alta

No ano passado, outras carreiras ligadas ao setor da saúde se destacaram na geração de vagas com carteira assinada. De acordo com o Ministério do Trabalho, foram 46.991 contratações para enfermagem, 38.608 farmacêuticos, 11.884 para médicos clínicos e mais de 10 mil nutricionistas e fisioterapeutas. É um segmento que deve continuar com oportunidades de emprego até o final de 2019.

Notícias

cuidados com a terceira idademercado de cuidador de idososmercado de franquiasprofissões ligadas a terceira idadeterceira idade

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *